Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2011

Consumidores não criam empregos

   Levados pela crença de que é o consumo o que gera emprego, economistas keynesianos também defendem estimular o consumo por meio da inflação monetária — isto é, da criação de quantias adicionais de dinheiro.  Tal procedimento tem o potencial de aumentar o emprego apenas sob determinadas circunstâncias: somente se aqueles vendedores de bens de consumo que estiverem sendo premiados com esse volume adicional de gastos dos consumidores pouparem e invistirem essas suas receitas adicionais.  Nesse caso, eles poderão expandir sua produção e contratar mais mão-de-obra.  Porém, se eles também consumirem essas suas receitas adicionais, ou se o governo tributar essa receita adicional, não haverá aumento nos gastos para mão-de-obra ou bens de capital.  Consequentemente, não haverá aumento no emprego.
Leia o artigo completo em http://www.mises.org.br
tags:
publicado por surfandonoassude às 04:42
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
15
17
20
21
22
23
26
28
29
30
31

.posts recentes

. A MENTIRA do RELATIVISMO

. SALVAÇÃO, de Onde Ela Vem...

. CONTROLE DO CLIMA - GUERR...

. GUERRAS e RUMORES de GUER...

. 75 MIL BRASILEIROS serão ...

. POSSÍVEL GUERRA Sul-ameri...

. ARMAGEDON FINANCEIRO depo...

. "E HAVERÁ SINAIS no SOL e...

. CIDADES "FANTASMAS" també...

. CRISTÃOS são CRUCIFICADOS...

.arquivos

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Fevereiro 2011

. Maio 2010

. Abril 2010

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds